O povo brasileiro assistiu atônito à vergonhosa decisão do Supremo Tribunal Federal (STF)

O povo brasileiro assistiu atônito à vergonhosa decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que derrubou no dia 23/03, por 6 votos a 5, a Lei do Ficha Limpa. Contrariando a vontade popular o STF recoloca no cenário político nacional, corruptos condenados e raposas que há muito deveriam ter sido expurgados da vida pública.
Ao contrário do que afirmaram alguns juízes, moral e ética não tem prazo de validade nem data de vencimento. A Lei do Ficha Limpa foi uma iniciativa popular que contou com mais de 1,6 milhão de assinaturas, mas que hoje representa a vontade da imensa maioria de nossa população. A justiça se revelou injusta. O supremo se revelou medíocre. O parecer do relator do processo, ministro Gilmar Mendes, famoso por libertar o mega criminoso e banqueiro Daniel Dantas, acabou por orientar o voto do novo ministro, Luiz Fux, que ao enterrar o Ficha Limpa frustrou a expectativa popular.
Essa decisão é um evidente retrocesso e um estímulo à impunidade. O povo brasileiro tem pressa sim. Pressa de saúde, de segurança, de educação, de ética, de acabar com a corrupção. A decisão do STF pode significar a perda de mandato da Senadora Marinor Brito do PSOL-PA e o retorno de Jáder Barbalho ao senado nacional. Não há argumento que justifique esse passo em direção ao passado.
O PSOL se solidariza com a Senadora Marinor Brito, que nestes poucos meses mostrou competência, determinação e coerência. Seu mandato, construído na luta popular, nos orgulha a todos e seguirá servindo de referência aos socialistas em todo o país. A bancada do PSOL no senado ousou enfrentar o todo poderoso Sarney na eleição da mesa diretora. Além disso, Marinor aprovou diligência a Belo Monte, se destacou na discussão do Salário Mínimo e fez aprovar CPI de combate ao tráfico de seres humanos. Fez em poucos dias o que a maioria não faz em muitos anos.
O PSOL conclama a sociedade brasileira, homens e mulheres de bem, especialmente os movimentos sociais, para uma luta de resistência e denúncia deste verdadeiro atentado à luta pela ética na política. A luta sai da esfera viciada dos corredores do judiciário para ganhar, mais uma vez, as ruas.
Endossamos, integralmente, as corajosas palavras da companheira Marinor, que da tribuna do Senado afirmou: “Custe o que custar, querendo ou não a justiça, nossas vozes não se calarão. O povo brasileiro vai continuar tentando varrer os corruptos da política.”

4 respostas para “O povo brasileiro assistiu atônito à vergonhosa decisão do Supremo Tribunal Federal (STF)”

  1. Vergonha!
    Quem tem medo de tsunamis, terremotos , enchentes , tribulação depois dessa
    vergonhosa decisão da suprema corte de um país?
    Indignação.Estou indignada. Mas, quem sou eu?

  2. ”Homens” covardes agem dessa maneira. A liberdade não é pra quem quer e sim para os que tem coragem. Engessado por imundices, Luiz Fux… é o verdadeiro retrato dos que se auto aprisionam em grades invi$íveis pra chegar ao poder. Ao contrário, somos homens e mulheres livres/ ousados(as) que estaremos sempre rompendo barreiras com argumentos inteligentes capazes de serem compartilhados/multiplicados com os cidadãos. Orgulha-me a Senadora Marinor Brito. O dever de casa/justiça estará sempre presente em nossas vidas. Continuaremos firmes. Somos livres, as amarras/imundices passam longe dos nossos propósitos. O tempo responderá.
    Inácio Guilherme da Silva Leite
    APS -PSOL/BELÉM

  3. Bom, o STF pode até não ter aprovado o sonho da ficha limpa pra agora, de qualquer forma o sonho não acabou porque a luta contra os corruptos é diária e além do mais, quando o fatídico ano de 2012 chegar essa luta se intersificará, pois o nosso direito de querer ver SOMENTE políticos com ficha limpa candidatos a representantes do povo brasileiro, NINGUÉM mais poderar nos tirar, nem mesmo o STF poderá voltar atrás de sua decisão!!!!

Deixe uma resposta para INÁCIO LEITE Cancelar resposta