Nota do Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB)

Nota do Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) sobre o fechamento da BR 364 -cidade de Itapoã do Oeste (100km de Porto Velho).

No início desta manhã (28/3), por volta da 7h00m, mais de trezentos manifestantes, formado por trabalhadores, agricultores e atingidos pela barragem da Usina Hidrelétrica de Samuel, paralisam a rodovia BR 364, no kilômetro 100, próximo ao município de Itapuã do Oeste.

A ação é organizada pelo Movimento dos Atingidos por Barragens – MAB, que realizou uma assembléia na tarde de ontem em Itapuã do Oeste, com participação de atingidos dos municípios de Candeias Jamari, Itapuã do oeste e do Distrito de Triunfo. A atividade contou com a parceria de organizações, sindicatos e uma comissão de moradores de Itapuã. Segundo lideranças do movimento, compareceram na assembléia mais de 600 pessoas, momento em que debateram a dívida histórica social do processo de construção da usina de Samuel e definiram uma pauta de reivindicações.

Entre os pontos da pauta estão um plano de recuperação e desenvolvimento dos municípios atingidos pela usina, o reassentamento de famílias e ações de fortalecimento da pesca e da aqüicultura na região.

De acordo com Cazu, coordenador estadual do MAB, o ato também é uma manifestação de solidariedade à revolta dos trabalhadores de Jirau e a greve dos operários da usina de Santo Antônio. A paralisação da rodovia é por tempo indeterminado e exigimos audiência com a ELETRONORTE, com governador do estado e INCRA, afirmou.

CONTATO – Assessoria de Imprensa (69) 9243-9264

Uma resposta para “Nota do Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB)”

  1. Mais uma vez o Estado vem mostrando a falta de consideração com o povo…. por isso temos que pensar MUITO BEM quem colocamos no Poder para nos representar.

Deixe uma resposta para Thiago(Engenharia de Produção) Cancelar resposta