CASO ALEPA: Quem tem medo da CPI ?,

O deputado estadual Edmilson Rodrigues (PSOL) reforçou, mais uma vez, na manhã de ontem, 26, em seu pronunciamento em plenário a necessidade de instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar as fraudes na Assembleia Legislativa do Estado do Pará (Alepa). O deputado falou sobre as últimas denúncias feitas na imprensa e que apontam que domésticos eram usados como laranja no esquema que desviava cerca de R$ 1 milhão por mês dos cofres públicos. “É inadmissível que pessoas estejam morrendo sem atendimento médico por falta de condições nos hospitais públicos, enquanto uma minoria se apropria do dinheiro público. Isso precisa ser investigado a fundo”, defendeu Edmilson.
Movimentos sociais e sindicatos fizeram um ato público em protesto contra a corrupção denunciada na Alepa e fizeram a lavagem da escada em frente ao prédio. Os manifestantes tentaram entrar na sede do Poder Legislativo, mas foram impedidos de entrar pelos policiais, que fazem a segurança do órgão. Até viaturas da Ronda Tático Metropolitana (Rotam) foram acionadas para o local. A senadora Marinor Brito (PSol) chegou a ser barrada de entrar na sede da Alepa, mas o comando dos policiais da Casa intercedeu, pediu desculpas à parlamentar e a conduziu até o plenário, onde ela manifestou à imprensa seu apoio à instalação da CPI.
À imprensa, Edmilson ressaltou que quem tem medo da CPI e não a apóia precisa ser questionado pela população. “A bancada governista está se negando a assinar o requerimento de instalação da CPI. Mas do que eles têm medo?”, questionou o deputado. “Todos esses fatos que estão sendo investigados pelo Ministério Público Estadual (MPE) e Polícia Civil, a partir de uma solicitação minha precisam ser apurados a fundo porque teriam ocorrido há bem mais tempo, e não apenas na última gestão da presidência da Alepa”, concluiu o deputado.
Até o momento o requerimento proposto pelo deputado para a instalação da CPI conta com nove assinaturas, sendo uma do próprio Edmilson Rodrigues e oito da bancada do PT. O deputado João Salame (PPS) já divulgou na imprensa que assinará o requerimento, inclusive o PPS divulgou nota de apoio à CPI. Mas até o momento o documento ainda não foi assinado. A expectativa é de que até o final da semana o documento conte com essa décima assinatura, ficando faltando apenas quatro para a CPI ser instalada.

http://somostodosedmilson.blogspot.comFotos: Assessoria de Imprensa

Uma resposta para “CASO ALEPA: Quem tem medo da CPI ?,”

  1. acho que quando tiver secção na Câmara com a maioria dos deputados,fecha-se as saídas e deixa eles acuados la dentro só pode sair quando assinar a c.p.i ai eu quero ver se não faz por bem faz por mau. Adiel júnior Ananindeua centro.

Deixe uma resposta para Adiel junior Cancelar resposta