Página usa nome do STF e MP para desinformar sobre contratação de profissionais de saúde em Belém

Uma pagina no Facebook, intitulada Águas lindas Notícias, usou o nome do Supremo Tribunal Federal (STF), do Ministério Público e da Defensoria Pública para divulgar notícia falsa sobre a chamada pública, realizada pela Prefeitura de Belém no último dia (11), para contratação de profissionais da área da saúde. O Edital da prefeitura prevê a contratação emergencial temporária de 200 profissionais para atuarem no plano de contingenciamento da covid-19 em Belém, nas 15 policlínicas que estão sendo implantadas para atender casos leves e moderados da doença.

A nota falsa, subscrita pelo nome #BRANQUINHO, também usa o nome do “Portal Giro” como fonte, veja:
“Em meio à pior crise nesta pandemia da COVID-19, a prefeitura de Belém anunciou a realização, na calada da noite, de dois processos seletivos e iam realizar, se não fosse o MP e a Defensoria Pública sugerir o Lockdown, a Justiça paraense determinar a anulação e o STF barrar de vez a iniciativa de Edmilson Rodrigues (PSOL), em contratar novos servidores públicos sem concurso.”

A notícia é falsa. O processo seletivo está em andamento.

A postagem tem por objetivo desinformar e representa uma ameaça grave ao esforço institucional no enfrentamento da pandemia, e sobretudo, à saúde pública.

Uma resposta para “Página usa nome do STF e MP para desinformar sobre contratação de profissionais de saúde em Belém”

Deixe uma resposta para Paulo stark Cancelar resposta