Edmilson retoma obra de macrodrenagem da Estrada Nova abandonada por Zenaldo

Zenaldo negligenciou obra de interesse público, levando a cidade a perder recursos. Foto: João Gomes/Agencia Belém

Texto escrito pelo jornalista Jorge Amorim, do blog “Na Ilharga”.

Revoltante ver como governantes conservadores, salvo raras exceções, têm como marca registrada a realização de obras em marcha lenta e a custos muito acima do inicialmente previsto.

Semana passada, a propósito, Belém assistiu efusivas saudações pela passagem dos 21 anos da Estação das Docas, porém, ninguém falou que sua construção demorou o dobro do tempo previsto, dobrando também seu preço final.

Agora, fica-se sabendo que o prefeito Edmilson Rodrigues(PSOL) teve que renegociar os termos do financiamento, feito pelo BID, para as obras de macrodrenagem da Bacia da Estrada Nova, esta abandonada pela gestão anterior.

Como o ex prefeito Zenaldo Jr quase nada fez, o agente financiador reduziu à metade o valor do financiamento, daí Edmilson ser obrigado a reapresentar prazos para cumprimento de metas, estabelecidas anteriormente e criminosamente negligenciadas.

Ressalte-se que a referida obra começou com Duciomar Costa, em 2005, que entregou cerca de 10% do projetado em seus oito anos de mandato; atravessou os malsinados oito anos de Zenaldo Jr, que ainda fez menos que o antecessor obrigando a dita negociação ser refeita.

Pode ser que Edmilson tenha, mais uma vez, que concluir obra que se arrasta ao longo de vários anos, como já ocorrera com a macrodrenagem da Bacia do Una, quando sua unção à prefeitura(1996) fez com que o então governo tucano se mexesse e concluísse aquilo que se arrastava desde 1986.

Uma resposta para “Edmilson retoma obra de macrodrenagem da Estrada Nova abandonada por Zenaldo”

Deixe uma resposta