Conselheiros eleitos terão mandatos de quatro anos no Conselho Previdenciário de Belém

O Instituto de Previdência dos Servidores Públicos do Município de Belém (IPMB) divulgou, nesta sexta-feirA,12, os resultados finais das eleições para escolha de novos membros do Conselho Previdenciário. A chapa 1 venceu com um total de 693 votos contra 483 da chapa 2. O resultado foi anunciado após o final da conferência dos votos, por volta de 21h30 de ontem.

Os novos conselheiros terão mandatos de quatro anos no Conselho Previdenciário, órgão colegiado responsável por conduzir as decisões referentes ao Regime Próprio de Previdência Social (RPPS) do Município de Belém.

Segundo Marvyn Valente, presidente da Comissão Eleitoral, responsável por todo o processo da eleição, o dia da votação transcorreu sem fatos relevantes que gerassem alterações consideráveis ao pleito. A maior demanda aos mesários foi em relação às orientações aos eleitores sobre os pontos de votação, sobretudo, quanto ao local onde deveriam votar.

Iniciado às 8h e encerrado às 15 horas, o pleito eleitoral contou com pontos de votação situados em sete órgãos municipais na sede do município de Belém e com uma urna itinerante nas sedes das Agências Distritais de Icoaraci, Outeiro e Mosqueiro.

Cada chapa contou com oito candidatos, dos quais seis representantes dos servidores públicos efetivos de Belém (três membros titulares e três suplentes) e dois representantes dos aposentados e pensionistas (um membro titular e um suplente).

Em cada ponto de votação, os eleitores tiveram acesso à relação nominal dos integrantes das duas chapas concorrentes. Puderam votar os segurados e beneficiários vinculados ao RPPS do Município de Belém, no caso, servidores públicos municipais concursados, aposentados e pensionistas.

Para votar, os eleitores somente precisaram apresentar um documento oficial de identificação com foto – carteira de identidade, carteira de habitação ou carteira de trabalho. Os votantes receberam uma cédula de votação e assinalaram com um X o quadrado ao lado da chapa escolhida, para, em seguida, depositar a cédula em uma urna.

Deixe uma resposta