Nos bairros: Programa “Belém Bem Cuidada” estará nos próximos 15 dias no Guamá

Cada distrito de Belém, cada bairro vai receber uma operação equivalente a Operação Guamá. É a potencialização do cuidado unindo Sesan, Seurb e Semob nesse trabalho integrado.”, diz Edmilson.

Desde o início do ano, especificamente no dia 13 de janeiro, a capital paraense conta com o programa de limpeza da Prefeitura de Belém realizada por meio da Secretaria de Municipal de Saneamento (Sesan), “Belém Bem Cuidada”, que retirou das ruas e canais 328.714 toneladas de lixo domiciliar e entulho. Nesta segunda-feira, 19, o programa iniciou a segunda etapa com a “Operação Guamá”, levando a um dos bairros mais populosos da capital paraense os serviços de capinação, raspagem, limpeza de bueiros, limpeza do sistema de micro-drenagem por hidrojateamento, coleta de entulho manual e mecanizada, varrição, lavagem das feiras e mercados e ação de educação ambiental.

“Agora tá bem melhor. Porque antes era só buraco aqui, na gestão passada a gente não via trabalho, já agora a equipe está direto aqui e, graças, a Deus tá melhorando. Eu espero que continue o trabalho pra que o nosso Guamá seja mais feliz”, disse o morador do Guamá há mais de 40 anos, Heliomar Vilhena.

A ação, iniciada nesta manhã na rotatória da Perimetral e nas passagens Silva Castro, Epitácio Pessoa, 3 de Outubro, Alvino, São Cristóvão e Olinda, envolve mais de 200 trabalhadores e diversas secretarias, que potencializam os serviços realizados desde janeiro, quando 65 canais passaram por limpeza e dragagem, totalizando cerca de 94 quilômetros de extensão e serviços de roçagem manual, mecânica, capinação, raspagem e caiação que totalizaram em 5.457.408 m² áreas atendidas. 11.068 poços de visitas e bocas de lobo foram limpos e mais de 164 quilômetros de galerias pluviais foram desobstruídas, por meio de hidrojateamento. Já na Doca do Ver-O-Peso, cerca de 2 mil toneladas de lixo foram retiradas.

“Agora nós estamos concentrando o serviço da Sesan aqui na operação Guamá, com ação de todas as secretarias. Nós nos juntamos para poder fazer uma atuação conjunta. A nossa ideia é iniciar pelo Guamá por ser um bairro histórico e que concentra um conjunto de problemas. Depois vamos para o Bengui. Vamos fazer em todos os bairros para que a gente possa ter um efeito maior na execução, acompanhamento e fiscalização dos serviços”, explicou a titular da Sesan, Ivanise Gasparim.

O prefeito de Belém, Edmilson Rodrigues esteve na rotatória da Perimetral e acompanhou o início da operação que terá a duração no máximo de 15 dias. “Entramos agora numa segunda etapa do Programa Belém Cuidada, chamamos de Operação Guamá, em homenagem a esse bairro tão importante para nossa metrópole. Mas é apenas para dar início a uma nova etapa de cuidado com toda a nossa cidade. Cada distrito de Belém, cada bairro vai receber uma operação equivalente a Operação Guamá. É a potencialização do cuidado unindo Sesan, Seurb e Semob nesse trabalho integrado.”, ressaltou o gestor municipal.

Além da Sesan as secretárias de Urbanismo (Seurb) e Mobilidade Urbana (SeMob) realizam serviços, como a modernização da iluminação pública com manutenção preventiva, e a atuação do Núcleo Setorial do Código de Postura e Organização Pública, na orientação dos feirantes e permissionários para que tenham o bom uso do espaço. Assim como a atuação da Semob com a sinalização vertical e horizontal, ordenação dos estacionamentos e a implementação das faixas de pedestres na área.

Para Joelson Batista de Oliveira, morador do Guamá há mais de 20 anos, a operação “é muito gratificante e produtiva para o nosso bairro, principalmente para a nossa rua. A gente precisa dessas melhorias e também do asfaltamento, porque estava muito cheio de buraco”, disse.

Texto: Joyce Assunção – Agência Belém

Deixe uma resposta