Polícia prende 4 pelo crime de tortura contra pessoas em situação de rua em Belém

Foto: reprodução

Quatro pessoas foram presas pelo crime de tortura, durante operação “Papa Sereno” da Polícia Civil, nesta quinta-feira (23), em Belém. Os homens foram indiciados, após serem identificados em um vídeo cometendo o crime contra pessoas em situação de Vulneráveis social, na feira da 25, na última sexta-feira (17).

Um vídeo compartilhado nas redes sociais mostra o momento em que os acusados se aproximam das pessoas e um deles ataca um homem que estava dormindo com um cassetete na região do cox. Assustado, a vítima pede calma para os guardas. “Por favor, faz isso comigo. Todos os vigias me conhecem aqui”, diz o homem.

Segundo o Delegado-Geral, Walter Resende, a força-tarefa foi montada imediatamente pela Polícia Civil, após a divulgação do crime em redes sociais, para que os autores fossem identificados e responsabilizados pelo ato.

“Nos dois primeiros dias de investigações conseguimos identificar as vítimas, ouvi-las, bem como identificar e qualificar os autores do crime. Assim solicitamos imediatamente que as prisões fossem decretadas. Certamente, com o depoimento deles, vamos identificar os outros integrantes desse grupo e qualificar todos que atuaram direta ou indiretamente no lamentável episódio de agressão. Ressaltamos que o inquérito ainda está em andamento e se tivermos outros elementos que possam atribuir responsabilidade criminal não vamos exitar em encaminhar ao poder judiciário a solicitação de medidas cautelares”, afirmou o Delegado-geral.

Todo o material apreendido será periciado e irá compor a investigações. Os indiciados foram conduzidos à Seccional Urbana de São Brás, por onde o caso é investigado, e após serem ouvidos, serão encaminhados ao Sistema Penitenciário, onde ficam à disposição da Justiça.

Com informações de Roberta Meireles (PC)

3 respostas para “Polícia prende 4 pelo crime de tortura contra pessoas em situação de rua em Belém”

  1. O interessante é que eu não vi um único “cidadão de bem” pedindo punição aos torturadores.
    Parabéns a polícia pelo excelente trabalho.
    Justiça, já!

  2. A população não pode se calar diante de tanta injustiça, estes seguranças só fizeram isso , porque eles tem certeza que vão ficar impune , mas o crime de tortura é inalienável, vamos ver se a lei vai ser respeitada

  3. Inadmissível esse tipo de conduta… esse pessoal dessa firma particular se acha guardião das ruas.. Isso é crime de tortura! E a Justiça precisa ser dura e célere!

Deixe uma resposta