Lula: autores da reforma trabalhista têm “mentalidade escravocrata”

Foto: Ricardo Stuckert

Revista Fórum- O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) afirmou nesta quinta-feira (12), durante a quarta edição do SindiMais, encontro anual que reúne especialistas em relações sindicais e trabalhistas que os autores da reforma trabalhista têm uma “mentalidade escravocrata“.

“A mentalidade de quem fez a reforma trabalhista, a reforma sindical, é a mentalidade escravocrata, de quem acha que sindicato não tem que ter força, não tem representatividade. No mundo desenvolvido em que você tem economia forte, você tem sindicato forte, em qualquer país do mundo. Se você tiver economia forte você tem sindicato forte”, afirmou o ex-presidente.

O pobre na economia

Lula disse também que é preciso “colocar o pobre na economia”. “Tem duas coisas que temos que ter certeza e que vale para os dirigentes sindicais, para o presidente, para os empresários e para os trabalhadores: precisamos conquistar credibilidade, para que as pessoas acreditem naquilo que a gente fala, e precisamos ter previsibilidade. Ninguém pode ser pego de surpresa toda noite”, disse.

Ditador

O petista ainda chamou o presidente Jair Bolsonaro (PL) de “ditador“. “Ontem [quarta] ouvi o atual presidente dizer que é importante o povo comprar arma, porque somente o povo com arma é que o povo vai evitar que tenha um governo ditador. Ele é um ditador.”

Deixe uma resposta