Ação de Limpeza é ampliada para mais cinco distritos administrativos de Belém

A Prefeitura de Belém, por meio da Secretaria Municipal de Saneamento (Sesan), anunciou na manhã desta quarta-feira, 18, os demais distritos administrativos da cidade que devem ser contemplados com a grande Ação de Limpeza, divulgada nesta terça-feira, 18, e que integra o Programa Belém Bem Cuidada.

O evento ocorreu na Aldeia Cabana, no bairro da Pedreira, com o anúncio dos outros bairros da capital paraense beneficiados pela ação nesta segunda fase e contou com a participação dos agentes de limpeza pública, educadores ambientais e moradores dos bairros contemplados.

Nesta segunda fase da ação, os distritos administrativos da Sacramenta (Dasac), Bengui (Daben), Entroncamento (Daent), Icoaraci (Daico) e Outeiro (Daout) receberão serviços de limpeza urbana, como capinação, raspagem, roçagem, pintura de postes e do meio fio e ainda serão instalados neles pontos de coleta seletiva.

Para o conselheiro do Programa de Participação Popular da Prefeitura, o Tá Selado, no Distrito do Bengui, Paulo Setuba, “essa atitude da prefeitura é excelente para os bairros da cidade”.

Segundo ele, há pelo menos 16 anos a capital paraense sofre com o abandono do saneamento básico. “Belém agora vai ser a capital da limpeza. E nós, cidadãos, precisamos também colaborar com a prefeitura”.

A moradora do e conselheira da cidade do bairro da Pedreira Help Luna é outra cidadã que está satisfeita com a ação de limpeza que está no bairro onde ela vive.

“Essa é uma resposta para a população que acredita nesse governo. Eu sempre acreditei que nessa parte de saneamento básico e de limpeza o prefeito jamais deixaria a desejar”, disse.

Lote II – O prefeito de Belém, Edmilson Rodrigues, participou do evento e anunciou o lote II de bairros que serão atendidos com a grande ação de limpeza da prefeitura.

Segundo ele, “o caos no saneamento da cidade foi provocado ao longo de 16 anos de desvio de recursos e abandono de uma política voltada para resíduos sólidos”.

O prefeito Edmilson afirmou que vai reconstruir as políticas de saneamento básico da cidade, por meio de licitações de serviços para a construção de um novo sistema de saneamento.

“Este serviço ainda não é definitivo. Isso será feito quando realizarmos a grande concorrência pública para que todo o sistema seja renovado. O sistema atual foi projetado em 2010 e está obsoleto para atender as necessidades da cidade”, explicou a secretária municipal de Saneamento de Belém, Ivanise Gasparim.

De acordo com a Sesan, além dos 2.200 agentes de serviços urbanos responsáveis pelas demandas diárias realizadas em Belém, mais 400 novos trabalhadores irão proporcionar um trabalho de manutenção e conservação urbana com equipes fixas, em vias com grande fluxo e concentração de pessoas durante a ação de limpeza anunciada pela Prefeitura de Belém.

Fabricio Lopes – Agência Belém
Foto: Mácio Ferreira

Deixe uma resposta