Sistemas Municipais de Cultura começam a tornar-se realidade no Pará

Grupo de Carimbó Sancari (Foto: Agência Pará)

A Fundação Cultural do Pará iniciou hoje (19), mais uma etapa do Workshop de Adesão, Implementação e Fortalecimento dos Sistemas Municipais de Cultura. Desta vez, o projeto chegou até o município de Santarém, na região do Baixo Amazonas.

O Workshop, promovido pela FCP por meio das associações AMUT (Associação dos Municípios do Oeste do Pará) e AMUCAN (Associação dos Municípios da Calha Norte), Fórum Estadual de Cultura e Fóruns Regionais de Cultura, busca orientar gestores culturais e técnicos sobre a criação e implementação dos Sistemas Municipais de Cultura nos municípios paraenses.

A partir desta quinta-feira (19) até o dia 20 de maio, a Fundação realiza a capacitação em Santarém, no Oeste do Pará. O evento conta com a presença de representantes das Câmaras Municipais, técnicos em gestão cultural da FCP, das associações de municípios, dos gestores e dirigentes dos órgãos de cultura da região.

Capacitação com gestores e produtores culturais, em Santarém. Foto: Agência Pará

O curso propõe o debate de temas como: a Lei Paulo Gustavo e o financiamento público da cultura nos municípios, o Sistema Municipal de Cultura (SMC) e seus elementos constitutivos, as etapas para a implantação do SMC, entre outros.

De acordo com o Secretário do município de Santarém, Luiz Alberto, a iniciativa está sendo fundamental para que os municípios do estado possam conhecer as ferramentas necessárias para realizar seus eventos culturais.

“Essa oportunidade que estamos tendo de conhecimento é fundamental para que realmente os municípios possam realizar seus eventos culturais e conseguir recursos para tanto. Então, hoje nós estamos tendo conhecimento dos meios que podemos conseguir esse recurso e de que forma se realiza essa busca”, destaca Luiz.

Isaac Loureiro, técnico em gestão e produção cultural a serviço da FCP, reforça que a capacitação tem permitido uma troca essencial de informações a respeito do funcionamento do sistema de cultura na região do Baixo Amazonas.

“Então, aqui conosco estão os técnicos e gestores de cultura de vários municípios aqui da região, do polo de Santarém, recebendo essas informações e trazendo também as informações de como está a situação em cada município na implementação do seu sistema”, afirma Isaac.

Texto: Kalylli Issebnb, via Agência Pará

Deixe uma resposta