Caçador de pérolas

por Sérgio Domingues (*)

É graças aos soldados, e não aos sacerdotes, que podemos ter a religião que desejamos. É graças aos soldados, e não aos jornalistas, que temos liberdade de imprensa. É graças aos soldados, e não aos professores, que existe liberdade de ensino. É graças aos soldados, e não aos advogados, que existe o direito a um julgamento justo. É graças aos soldados, e não aos políticos, que podemos votar.
Barack Obama, presidente dos Estados Unidos – O Globo – 09/07/2011

Kosovo “engordava” prisioneiros sérvios para traficar os seus rins
Manchete do jornal El País sobre relatório do Conselho da Europa que responsabiliza o Exército de Libertação do Kosovo, apoiado pelos Estados Unidos durante a Guerra dos Balcãs –08/07/2011

Cobertura de Ipanema vale mais que mil habitações de programa federal [PAC]
Título de matéria de Carlos Arthur França, em reportagem para a Folha de S. Paulo – 10/07/2011

O que se pensa que é face humana do capitalismo é o que o socialismo arrancou dele com suor, lágrimas e sangue. Hoje é normal o operário trabalhar oito horas, ter férias… tudo é conquista do socialismo. O socialismo só não deu certo na Rússia [porque] virou capitalismo. A revolução russa serviu para formar o capitalismo. O socialismo deu certo onde não foi ao poder. O socialismo hoje está infiltrado em todo lugar.
Antonio Candido, em entrevista ao Brasil de Fato – 14/07/2011

Ser marxista hoje significa não apenas colocar em jogo a inteligência para fundamentar a necessidade e a possibilidade dessa alternativa (ao capitalismo), mas também tensionar a vontade para responder ao imperativo político-moral de contribuir para realizá-la.
Adolfo Sánchez Vázquez (1915-2011), em “Por que ser marxista hoje”, discurso pronunciado ao receber o Doutorado Honoris Causa da Universidade de Havana

O marxismo é, acima de tudo, uma filosofia da práxis e não uma nova práxis da filosofia.
Adolfo Sánchez Vázquez (1915-2011), em seu livro “Filosofia da práxis”

A Google tem a licença perpétua, irrevogável, livre de vantagens, para reproduzir, adaptar, modificar, traduzir, publicar, mostrar e distribuir através do serviço em questão.
Regras sobre conteúdo fotográfico postado no Google+

Quanto a uma civilização indígena que não deu certo e em detrimento disso foi conquistada pela inteligência cultural dos brancos, também é retrógrada a atitude de querer preservá-la.
Isaac Duarte de Barros Júnior, em artigo no jornal “O Progresso”, de Dourados, MS, em 28/12/2008, em que também chamou os indígenas de “bugrada”. Acaba de ser condenado a dois anos de reclusão por crime de racismo pela Justiça Federal.

Sérgio Domingues é Militante social e partidário (PSOL)
http://cacadordeperolas.blogspot.com/

Deixe uma resposta