Covid-19: médico questiona hospitais das forças armadas fechados à sociedade

O médico Francisco Almeida, ex-vereador de Belém, questionou pelas suas redes sociais, o fato dos hospitais das Forças Armadas não estarem à disposição da sociedade, no momento em que o Brasil passa pelo maior colapso sanitário e hospitalar da história, com números alarmantes do esgotamento de leitos de UTI e do aumento de mortes por covid-19, chegando a marca de 292.856 óbitos, neste sábado (20), desde o início da pandemia.

“Tem algo ainda mal esclarecido neste contexto de crise sanitária: por quê os hospitais das forças armadas, não estão a disposição da sociedade? Enquanto a população sofrida, sem planos de saúde, sofre e morre sem leitos, qual a explicação pra que milhares de leitos dos hospitais militares desocupados permaneçam ociosos? Alô, alô! Marinha aeronáutica exército! Vamos mostrar o verdadeiro patriotismo destinando as vagas dos leitos para quem realmente precisa”, indagou o médico.

Deixe uma resposta