Voz aos moradores de Belém: Novos segmentos são ouvidos no Tá Selado

Em mais uma etapa das plenárias de segmentos do programa Tá Selado, nesta quarta-feira, 30, foram discutidos o saneamento e meio ambiente; audiovisual e artes visuais; samba; direitos e bem-estar animal e cultura alimentar.

O Tá Selado é uma expressão da integração de todo o governo para dar voz aos moradores de Belém e trabalhar pela cidade. Uma ação que dá sentido ao objetivo da gestão, através da participação cidadã que ocorre nas plenárias nos bairros da capital e distritos.

Durante a abertura da plenária, o prefeito de Belém, Edmilson Rodrigues, adiantou que a Prefeitura está estudando a criação de um departamento dentro da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma) para coordenar a política de bem-estar animal e destacou a unidade do governo para ouvir as demandas da população. “Estamos aqui para representar a soberania popular de modo que a presença dos secretários e servidores públicos é de fundamental importância”.

O gestor voltou a destacar as políticas sociais da gestão para construir uma cidade mais fraterna e socialmente mais justa. “Queremos prédios para escolas, hospitais, mas também queremos políticas educacionais, de saúde, qualidade social para o serviço público. Queremos tudo isso, queremos comida, diversão, arte e cultura”.

O secretário municipal de Coordenação Geral do Planejamento e Gestão, Cláudio Puty, aponta que o planejamento participativo é fundamental para os moradores se sentirem parte do processo de construção da cidade. “É possível saber com detalhes o que realmente o povo quer”.

A apresentação musical da plenária do Tá Selado desta quarta-feira foi realizada pelo cantor e compositor paraense Paulinho Mururé.

Por Madson Sousa – Agência Belém
Foto: Marcos Barbosa – Comus

Deixe uma resposta