Prefeitura de Belém anuncia compromisso com o pagamento do piso do magistério

Depois de anos de congelamento dos salários, o que distanciou o vencimento base dos professores do valor do piso nacional, além da falta de diálogo, cinco secretários da Prefeitura de Belém e o Sindicato dos Trabalhadores em Educação reuniram-se na manhã desta terça-feira (22), para discutir o pagamento do piso do magistério aos professores do município.

A Prefeitura de Belém manifestou sua disposição de pagar o piso o mais breve possível. Atualmente, o vencimento base do professor é de R$ 1.844,94, o que representa apenas 48% do valor do piso (hoje em R$ 3.845,63). Porém, no município de Belém, a maioria dos professores possuem jornada de 265 horas aula, têm nível superior e especialização, fazendo com que a remuneração chegue a R$ 6.800,00. Por decisão do prefeito Edmilson, considerando a relevância do trabalho dos professores, a prioridade é a valorização da categoria e o compromisso com o pagamento do piso do magistério.

Durante a negociação, a Prefeitura apresentou duas alternativas para o pagamento do piso:

1. Pagar o piso imediatamente, mas ajustando as gratificações e adicionais. Além de pagar o piso isso representaria ganho real de 24% sobre a remuneração atual.
2. Reajustar o vencimento base em 23%, aproximando um pouco mais do piso e construir um acordo que viabilize pagar a integralidade do piso no decorrer do mandato.

A Prefeitura destacou que pagar o piso, mantendo o mesmo formato de gratificações e adicionais atuais, significaria gastar todos os recursos destinados à educação em 2022, comprometendo o funcionamento das escolas, o pagamento dos aluguéis de anexos, o transporte das crianças nas estradas e nos rios, o vale-transporte, além da aquisição de material didático.

Uma resposta para “Prefeitura de Belém anuncia compromisso com o pagamento do piso do magistério”

  1. Mais viavel a nos trabalhadores da educação esta na segunda proposta.Sr prefeito obrigada por nos receber

Deixe uma resposta