Margareth Menezes é a escolha de Lula para comandar o Minc

Segundo informado pelo portal Diário do Centro do Mundo,  a cantora Margareth Menezes vai assumir o Ministério da Cultura no governo Lula.

Margareth, 60 anos, tinha o aval de Janja, futura primeira-dama. Além da cantora, outros nomes cotados eram os do ex-ministro Juca Ferreira, o ator Lázaro Ramos, a cantora Daniela Mercury e a atriz Marieta Severo. Ainda segundo o DCM, o martelo foi batido nesta quinta, dia 8. O anúncio oficial deve ser feito amanhã. 

Margareth está entre as mais de vinte atrações do Festival do Futuro, a ocorrer em Brasília, no dia da posse.  Outros dos nomes no line-up são: Gaby Amarantos, Kléber Lucas, Caetano Veloso, Gilberto Gil, Ludmilla, Pablo Vittar e Luedji Luna.

Mulher preta e baiana, Margareth Menezes ficou famosa pelo hit “Faraó – Divindade do Egito” nos anos 80. Tem mais de 10 álbuns lançados, várias indicações ao Grammy, fez mais de 20 turnês internacionais.

Além dos feitos artísticos, ela possui também vasto trabalho social: é fundadora e presidente da Fábrica Social, uma ONG sediada na Bahia que atua na área da cultura, educação e sustentabilidade, além de dirigir o Mercado Iaô, agência de produção cultural atuante no Estado. A baiana ainda é embaixadora da IOV-UNESCO, grupo que visa preservar e fomentar a produção cultural em todas as suas formas.

Em 2022, a cantora e compositora foi eleita uma das 100 pessoas negras mais influentes do mundo na lista internacional Most Influential People of African Descent (MIPAD). 

Com informações de Diário do Centro do Mundo. Edição de Ju Abe.

Uma resposta para “Margareth Menezes é a escolha de Lula para comandar o Minc”

  1. Lula não está valorizando o MinC como deveria estrategicamente, se entregar a Margareth será a uma pessoa sem QQ qualificação como gestora para um ministério a ser reconstruído, e, complexo. Absurdo! Principalmente se for um capricho de Janja que está achando que Cultura é apenas festa.

Deixe uma resposta