Prefeitura de Belém e UFPA articulam parceria para formar agentes de direitos humanos no município

Foto: Mácio Ferreira/ Agência Belém

Integrantes do Observatório de Direitos Humanos da Universidade Federal do Pará (UFPA) estiveram no gabinete municipal, nesta segunda-feira, 16, para articular, junto à Prefeitura de Belém, políticas públicas efetivas e uma linguaguem mais acessível para formar agentes de direitos humanos, tendo como público-alvo desde servidores a alunos da rede municipal de ensino. 

O prefeito de Belém, Edmilson Rodrigues, destacou a importância da formação dos servidores municipais para exercerem o papel de agentes de direitos humanos.

De acordo com o Observatório de DH, inicialmente, a ideia é executar o projeto-piloto em dez escolas municipais e agregar as ações que a Prefeitura de Belém já desenvolve, como forma de prevenção. Destacam-se o programa de ciclo de conversa sobre Justiça Restaurativa, tendo como público-alvo mulheres e mães de alunos das escolas municipais, além do projeto de levar o conhecimento sobre direitos humanos a espaços, nos quais, geralmente, as pessoas recusam a ideia de diretos humanos.

Debate

A partir da sugestão do prefeito Edmilson Rodrigues, será realizado o Colóquio interinstitucional entre a Universidade Federal do Pará e a Prefeitura de Belém, para para discutir políticas de direitos humanos. O evento está previsto para ocorrer no próximo dia 25 de outubro.

Durante a reunião, foi entregue ao prefeito de Belém, pela professora do Programa de Pós-Graduação de História da UFPA, Leila Miranda, o exemplar da biografia de Neuton Miranda, defensor da democracia e liberdade. A obra é intitulada Neuton Miranda – Memórias de Resistência e Luta por Liberdade Política.

Participaram da reunião o secretário municipal de Cidadania e Direitos Humanos (SECDH), Maike Kumaruara, e membros do Observatório de Direitos Humanos, professores Durbens Martins, Moisés Alves, Carlos Maciel e Leila Miranda.

Texto: Joyce Assunção, via Agência Belém

Deixe uma resposta