Belém está entre as 9 capitais brasileiras que mais vacinaram com duas doses

Até o momento, foram aplicadas 1.154.359 primeiras doses, o que corresponde a 77% da população geral de Belém e 90.1% da população vacinável.

A capital paraense está entre as nove capitais brasileiras que mais vacinaram com as duas doses a população vacinável contra a covid-19, isto é, acima de 12 anos, segundo dados do Programa Nacional de Imunização (PIN) do Ministério da Saúde. As outras capitais são Vitória, São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Florianópolis, Curitiba, Porto Alegre e Fortaleza.

Até o momento, foram aplicadas 1.154.359 primeiras doses, o que corresponde a 77% da população geral de Belém e 90.1% da população vacinável. Em relação à segunda dose foram aplicadas 1.096.727 doses, ou seja, 73.1% da população geral e 85.7% da população vacinável; e 196.112 terceiras doses, o que corresponde a 13% da população total e 96.6% da população vacinável.

Com esse ritmo e diante da ameaça da nova variante Ômicron, a imunização segue na capital nesta última semana de 2021 nas 50 Unidades Básicas de Saúde e Unidades Estratégia Saúde da Família, que funcionam até quinta-feira, 30, das 9h às 17h, e nos Centros de Referência da Assistência Social também até quinta, das 8h às 13h.

Já os demais espaços parceiros da prefeitura nessa ação vão atender em horários diferentes. O shopping Boulevard funciona das 10h às 20h, no estacionamento G6, na avenida Visconde de Souza Franco, 776, Reduto, e o shopping Bosque Grão-Pará, das 10h às 20h, com entrada de carros exclusiva pelo acesso do condomínio Cidade Cristal (acesso D) e entrada de pedestres pelo acesso da Rodovia dos Trabalhadores (acesso G).

Além do Hospital de Aeronáutica de Belém, que funciona de 27 a 30 de dezembro, apenas pela manhã, na avenida Almirante Barroso, 3.492, no Souza; Hospital Geral de Belém, de segunda a sexta-feira apenas pela manhã, na Praça Brasil, 850, Umarizal; e Hospital Naval, de terça a quinta das 9h às 17h, na rua do Arsenal, 200, Cidade Velha.

A vacinação ocorre também no Hospital Unimed Prime, das 7h às 22h, de segunda a domingo, na travessa Castelo Branco, 1807, Guamá; e Unimed Batista Campos, das 7h às 22h, de segunda a domingo, na avenida Presidente Pernambuco, 388, Batista Campos.

Também haverá atendimento na Unama, na avenida Alcindo Cacela, 287, e Unifamaz, na avenida Visconde de Souza Franco, 72, Reduto. No entanto, ambas as instituições estão em recesso de fim de ano e retornam com a vacinação anticovid somente no dia 5 de janeiro.

Assim como o Centro Saúde Escola da Uepa, na travessa Perebebuí, 2.623, Marco; a Escola de Enfermagem da Uepa, na avenida José Bonifácio, 1.289, Guamá; e a Fibra – Ambulatório de Ensino, das 9h às 17h, na avenida Generalíssimo Deodoro, 1543, entre Braz de Aguiar e Gentil Bittencourt, todos estes vão retomar a imunização somente no dia 3 de janeiro, após o recesso.

Vacinação no fim de ano – Na próxima sexta-feira, 31, haverá vacinação apenas nos shoppings Boulevard e Grão Pará, das 11h às 17h; e nos pontos de vacinação da Unimed Prime, na avenida Castelo Branco, e na Unimed Batista Campos, das 9h às 17h.

No sábado, 1º, e domingo, 2 de janeiro, não haverá vacinação em Belém.

Reforço com a 3ª dose – Desde o último dia 21, a Prefeitura de Belém, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Sesma), adotou o intervalo de quatro meses para a aplicação do reforço vacinal (3ª dose) para combater a covid-19.

Podem comparecer aos pontos de vacinação todos aqueles que ainda não receberam a primeira ou a segunda dose, bem como os que foram vacinados com a segunda dose até agosto e que ainda não receberam a terceira dose.

Crianças de 5 a 11 anos – Sobre a vacinação de crianças na faixa etária de 5 a 11 anos, a Sesma informa que o calendário para a vacinação deste público ainda está sendo definido.

A Sesma reitera que as vacinas da Pfizer disponíveis no estoque da Sesma não são compatíveis para a vacinação de crianças, já que a dosagem é diferente da usual e, portanto, os frascos são diferentes. O município de Belém vai precisar receber doses específicas para a vacinação deste público.

O que levar – Para receber a vacina a pessoa deve apresentar RG, CPF e comprovante de residência. Em caso de segunda ou terceira doses, deve ser apresentado o cartão de vacinação de Belém.

Texto: Cleide Magalhães – Agência Belém

Deixe uma resposta