Prefeitura anuncia reforma, manutenção e reorganização de praças de Belém

Após anos de abandono, as praças de Belém passam por reformas, bem como uma reorganização na rotina de manutenção nas praças do centro e periferias da cidade.

Segundo a Prefeitura de Belém,  a praça Batista Campos já recebeu visita técnica das equipes das secretarias municipais de Meio Ambiente (Semma), Urbanismo (Seurb), Saneamento (Sesan) e já está em curso a finalização do Plano de Ação para intervenção nos lagos da praça, que passam por limpeza, reparo de rachaduras, para que possam ser retomados os níveis de água.

No dia 9 de fevereiro deste ano, a Secretaria Municipal de Urbanismo (Seurb) realizou lavagem e recuperação de todo o calçamento da praça Batista Campos, considerada uma obra de alta complexidade e concluída pela Secretaria.

Os especialistas da Semma também já repassaram orientação à Associação de Amigos da Praça Batista Campos para que não coloquem peixe pirarucu nos lagos, considerando que aquele espaço não é um criadouro apropriado para essa espécie.

Segundo veterinários do Bosque Rodrigues Alves, esses peixes precisam de cuidado e alimentação regulares. Do contrário, se tornam predadores de outras espécies, como vem acontecendo nos lagos da Praça Batista Campos.

Ainda segundo a prefeitura, foram realizadas reformas nas praças da cidade e outras estão prestes a serem entregues à população completamente reformadas, inclusive, em outros distritos.

Duas delas são as praças no bairro da Marambaia, no conjunto Gleba I e a praça Helena Dias, localizada no bairro do Jurunas. Além das praças no bairro de Fátima, da Pratinha, entre outras. A praça Sônia Maria Frazão, no conjunto Gleba II recebe paisagismo da Semma.

Com as parcerias público-privadas, em breve, serão reformadas as praças Waldemar Henrique, em parceria com o Hospital Cyntia Charone, e do Barão do Rio Branco, em parceria com a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

Ponto de Pauta com informações da Agência Belém

Deixe uma resposta