Prefeito visita o Ver-o-Peso para receber demandas dos feirantes à grande reforma da feira

O complexo do Ver-o-Peso, considerado a maior feira a céu aberto da América Latina, receberá uma grande obra de reforma pela Prefeitura de Belém, que tornará o espaço mais moderno com a nova reorganização, dará mais conforto aos feirantes, consumidores e aos milhares de visitantes que vão ao local, que é o principal cartão postal de Belém e o maior ponto de comercialização de alimentos e da cultura da cidade.

Apesar de toda essa importância, há 20 anos o Ver-o-Peso não recebe nenhum grande reparo. Antes de concluir o projeto, a Prefeitura de Belém pretende incluir as demandas dos comerciantes que atuam no complexo para melhorar o espaço para eles e para toda a população.

Participação popular

Na manhã desta segunda-feira, 7, o prefeito de Belém, Edmilson Rodrigues, visitou a feira do Ver-o-Peso, acompanhado da equipe de secretários, para ouvir as necessidades dos comerciantes que atuam do espaço. A visita serviu para ajudar a finalizar o projeto de reforma do local, valorizando a participação popular em todos as suas fases.

“Esse momento aqui é para ouvir as demandas, resolver os problemas imediatos, enquanto se elabora o grande projeto de reforma estrutural para garantir beleza, dignidade e conforto aos feirantes e a quem visita o Ver-o-Peso”, explica o prefeito Edmilson Rodrigues.

Feirante do Ver-o-Peso há mais de 20 anos, Dalcir Cardoso afirma que a ação que a prefeitura está fazendo no local é louvável e necessária. “Espero que essa reforma traga mais visibilidade para a feira e que agrade a todos, principalmente o cliente, mas também o feirante e a cidade como um todo”.

Dalcir destaca as prioridades urgentes da feira, que devem ser resolvidas pela prefeitura, como a organização do espaço, um novo piso e manutenção na rede elétrica, que atende os boxes dos comerciantes locais.

Quem partilha do mesmo sentimento que Dalcir Cardoso é a também permissionária do Ver-o-Peso, Neide Aragão, que já atua no complexo há 40 anos. “A expectativa que nós feirantes temos é que saiam do papel. Hoje nós só conseguimos trabalhar aqui porque o nosso atual prefeito nos deu condição de uso. Isso aqui já foi bem pior. Está na hora de uma reforma acontecer aqui para trabalharmos com mais dignidade”, analisa Neide.

Reparos emergenciais

Edmilson Rodrigues visitou os mais de 30 setores do complexo do Ver-o-Peso e ao final se reuniu com os representantes dos feirantes locais no Mercado Municipal de Carne Francisco Bolonha, que integra o espaço.

O prefeito e equipe decidiram acolher as necessidades mais urgentes apontadas pelo grupo de comerciantes do Ver-o-Peso. A Prefeitura de Belém vai solucionar de maneira emergencial, por meio das secretarias municipais, os problemas mais necessários do complexo, até que o projeto final de reforma seja concluído e as obras de reforma geral no local sejam viabilizadas.

Nova reunião

No próximo dia 16, a equipe da Prefeitura de Belém voltará a se reunir com representantes dos feirantes do Ver-o-Peso para receber as demandas específicas por cada setor de alimentos (refeições), frutas regionais, ervas, peixes, carnes, artesanato, entre outros produtos. As demandas entregues serão analisadas e incluídas no projeto de reforma geral do espaço.

Fabrício Lopes – Agência Belém

Deixe uma resposta