Ana Júlia e o relatório da AGE – Questões sem respostas

O deputado estadual Edmilson Rodrigues (PSOL) cobrou respostas da ex-governadora Ana Júlia Carepa (PT) sobre o relatório da Auditoria Geral do Estado (AGE) que apontariam irregularidades na aplicação dos recursos e na prestação de contas referente a empréstimos contraídos pelo governo do Estado. “As acusações que constam no relatório da AGE não podem ficar sem resposta, sob pena de se consagrar o mais absoluto menosprezo com o trato ético e a coisa pública”, disse ele, da tribuna da Assembleia Legislativa do Estado, na sessão ordinária desta quarta-feira, 17.
Entre as irregularidades apontadas pelo relatório, constam suspeitas de utilização de recursos do crédito com desvio de finalidade, movimentação dos recursos sem vinculação ao contrato e ingresso de recurso na conta específica do contrato não oriundo do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). A acusação que o deputado considera mais grave é a da utilização duplicada das mesmas notas fiscais como comprovantes de despesas nos financiamentos realizados junto ao BNDES e ao Banco do Brasil.
Edmilson demonstrou cautela nas acusações, alegando o relatório da AGE é extenso e complexo. e, por isso, ele anunciou que vai estucar o documento a fundo. Ele reforçou que “não vai servir de bucha de canhão ao tucanato”, que tem feito espetáculo propagandístico com o ataque contra a opositora política. O psolista lembrou que, no passado, foi aliado político de Ana Júlia, mas destacou a necessidade da ex-governadora prestar esclarecimentos à população e à Assembleia.
“Asseguro que vou acompanhar cada providência a ser tomada pelo Ministério Público Estadual, Ministério Público Federal e Tribunal de Contas do Estado (TCE) para apurar as denúncias de irregularidades apontadas no relatório da AGE e, por consequência, a demandar ao Judiciário a punição de todos os envolvidos, caso restem comprovadas as irregularidades denunciadas”, afirmou.

Fonte: Assessoria de imprensa

Deixe uma resposta