Belém é a primeira capital da região a disponibilizar aplicativo previdenciário aos segurados

Aplicativo Meu RPPS vai beneficiar 5.225 pensionistas e aposentados, que poderão utilizar a ferramenta para fazer a Prova de Vida

A Prefeitura de Belém lançou na tarde desta terça-feira, 1, um aplicativo voltado para pensionistas e aposentados do município, sendo Belém a primeira capital da região norte a utilizar o dispositivo. A ferramenta, chamada de “Meu RPPS”, que significa Regime Próprio de Previdência Social, disponibiliza o serviço para a realização do procedimento previdenciário Prova de Vida.

O prefeito de Belém, Edmilson Rodrigues, acompanhou a cerimônia de lançamento do aplicativo, realizada na sede do Instituto de Previdência Município de Belém (IPMB), na avenida Almirante Barroso.

O “Meu RPPS” vai beneficiar 5.225 pensionistas e aposentados, que poderão utilizar a ferramenta para fazer o Prova de Vida, procedimento anual obrigatório necessário para continuidade do recebimento de pagamentos referentes à aposentadoria e pensão por morte concedidas pelo município.

“Os beneficiários precisam se apresentar para a Prova de Vida, mas isso não será mais necessário. Basta, agora, se inscrever no aplicativo, não precisando correr qualquer risco durante o deslocamento. É importante ressaltar que Belém é a única cidade do estado do Pará a utilizar a ferramenta, dando dignidade aos segurados”, destacou o prefeito.

Além do procedimento, o aplicativo disponibilizará informativos sobre documentos necessários para recadastramento, acesso ao contracheque e rendimentos para fins de Imposto de Renda (Cédula C), ficha financeira e informações sobre o andamento de processos previdenciários no Instituto.

O aplicativo já pode ser baixado para sistemas Android e iOS e foi desenvolvido pela Agenda Assessoria, empresa de tecnologia do segmento previdenciário.

“Muito em razão da pandemia, as pessoas estão com essa dificuldade de fazer esse procedimento obrigatório e com isso acaba tendo o salário bloqueado“, comentou a presidente do IPMB, Edna D’Araújo.

Assistente Social do IPMB, Rosa Viana está aposentada há um ano. Segundo ela, o aplicativo vai atender uma grande necessidade dos aposentados. “Será muito necessário esse dispositivo, pois muitas pessoas não tinham condições de se descolar para fazer esse procedimento essencial, pois sem ele não recebemos”, comentou.

Os servidores públicos municipais em geral também poderão utilizar a ferramenta para fazer a simulação da aposentadoria e acompanhar o andamento de processos de aposentadoria no IPMB.

Decreto – Na ocasião, o prefeito Edmilson Rodrigues assinou o decreto que cria a Diretoria Executiva do IPMB. Com isso, o órgão passa passar a regular o setor adminsitritvo, desde a extinção do antigo Instituto de Previdência e Assistência dos Servidores Públicos do Município de Belém.

“Em 2018, o IPAMB foi separado e a estrutura do IPMB ficou defasada. Com a criação da Diretoria Executiva, a nossa estrutura organizacional estará regular na questão da sua composição administrativa”, explicou Edna D’Araújo.


Por Victor Miranda – Agência Belém
Foto: Joyce Ferreira

Deixe uma resposta