Helder cobra entrega de vacinas, enquanto o Ministério estoca 9,5 mi de doses

Helder Barbalho, governador do Pará, cobra vacinas do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga.

O ritmo de distribuição de vacinas pelo Ministério da Saúde voltou a ser alvo de críticas dos governos do estado de São e do Pará. O Ministério da Saúde tem 9,5 milhões de doses da Pfizer e Coronavac estocadas e paradas no centro de logística na cidade de Guarulhos, em São Paulo. Segundo o ministério, as doses ainda precisam receber certificações de qualidade para serem distribuídas.

Segundo o governador Doria, o Ministério da Saúde não está cumprindo acordo firmado com São Paulo e tem enviado menos doses do que o combinado.

O governador do Pará, Helder Barbalho, do MDB, também cobrou o Ministério da Saúde. Ele afirmou que o estado é o segundo com menor número de imunizantes em relação ao tamanho da população. Helder Barbalho disse que pediu em julho ao Ministério da Saúde uma recomposição de vacinas para que o Pará receba a mesma quantidade que os outros estados.

Deixe uma resposta