Edmilson visita obras na Caripunas que tem previsão de entrega em dezembro de 2021

Prefeito Edmilson Rodrigues verificou o andamento da obra nesta sexta-feira (13)

Com previsão de entrega para dezembro deste ano de 2021, as obras do canal de descarga da Caripunas, no bairro do Jurunas, já chegam a 70% do trabalho concluído.

O andamento das obras foi verificado nesta sexta-feira, 13, pelo prefeito de Belém, Edmilson Rodrigues,  acompanhado pelo coordenador-geral do Programa de Saneamento da Bacia da Estrada Nova (Promaben), Rodrigo Rodrigues, órgão responsável pela obra.

O canal de descarga da travessa Caripunas com avenida Bernardo Sayão é uma das mais importantes obras de saneamento executadas pela Prefeitura de Belém, que beneficiará moradores dos bairros da Cremação, Condor e Jurunas.

O Banco Interamericano de Desenvolvimento realizou um investimento inicial de 250 milhões de dólares em 2018, porém devido ao não cumprimento de metas na gestão anterior, o orçamento foi reduzido para 143 milhões, com um período de execução de cinco anos, que vai de 2018 a 2022. 

A obra segue em ritmo acelerado na etapa de ferragem e concretagem das lajes de fundo e paredes laterais.  Após a finalização, será liberado o tráfego de veículos na avenida Bernado Sayão, que atualmente se encontra interditada para realização do trabalho. 

Promaben readequou o projeto para retomada da obra  

No início da gestão do prefeito Edmilson Rodrigues, a equipe do Promaben encontrou o projeto da obra com sérios erros, como explica Rodrigo Rodrigues, “Encontramos uma situação de obra com atrasos de pagamentos, ineficiência de projeto e ainda itens de projetos essenciais para obra que ainda não haviam sido planejados e orçados. Nesses primeiros seis meses de governo, nós conseguimos retomar as obras, regularizar os pagamentos e fazer os ajustes necessários no projeto”, explica o coordenador do Promaben.

O início das obras do canal da Caripunas foi em 2019 com o primeiro prazo de entrega para setembro de 2021. Porém, em março deste ano as obras foram paralisadas devido às dívidas deixadas pela gestão anterior.

Havia um atraso de três meses do pagamento para a empresa que realiza as obras. Em maio, a Prefeitura renegociou com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) para a continuação do Programa com revisão dos projetos das obras.

“Nós conseguimos convencer os  dirigentes das instituições de que o Promaben que os financiamentos do BID deveriam ser mantidos. A posição da representante do BID era de suspender o financiamento”, explicou o prefeito Edmilson Rodrigues.  

O coordenadoria-geral do Promaben informou, que além do atraso nos pagamentos foram encontrados erros graves nas obras do canal de descarga da Caripunas, como por exemplo, a ausência de um plano ambiental e de comportas, estas que executam o trabalho de contenção das águas durante as marés cheias. Após correção dos erros encontrados foi possível retomar as obras no dia 1° de julho deste ano.

Edmilson Rodrigues ressalta, que a obra agora que se vê é uma engenharia renovada pela equipe da atual gestão. “É um absurdo que se gastasse aqui sem ter comportas”, enfatiza o prefeito.

Além da macrodrenagem na área, a Prefeitura de Belém realizará um diagnóstico socioeconômico das quase 400 famílias localizadas às proximidades da obra.

Reconhecimento – Ao final da vistoria no canal de descarga da Caripunas, o prefeito Edmilson Rodrigues recebeu uma medalha de reconhecimento dos membros da organização não governamental G10 Favelas.

O coletivo foi contemplado pela Prefeitura Municipal com um espaço do Promaben, no Jurunas, que estava desativado. A G10 Favelas desenvolve ações sociais por todo Brasil, como entrega de cestas alimentares às famílias em vulnerabilidade social, bem como iniciativas no âmbito da educação.

“A G10 é uma ONG que tem feito um trabalho social lindo, engajado no combate à fome e ajudando a criar uma consciência de direitos da cidadania. Eu desejo sucesso e pra mim é uma honra receber essa medalha porque é um reconhecimento de uma entidade já reconhecida”, afirma Edmilson Rodrigues.

Urbanização – Trabalham em conjunto com o Promaben, a Secretaria Municipal de Urbanismo (Seurb), com serviços de iluminação e calçamento no entorno da obra da Caripunas; assim como a Secretaria Municipal de Saneamento (Sesan), que realiza serviços de limpeza e manutenção da área.

A equipe de Projetos Especiais da Prefeitura de Belém, sob coordenação do arquiteto José Raiol, atua na elaboração de um projeto urbanístico, pensando na mobilidade e bem-estar dos moradores da área.

O arquiteto explica, que além do paisagismo, serão feitas articulações de vias com as ciclovias, por toda em torno do canal da Caripunas.

Deixe uma resposta