Prefeitura de Belém afirma que não decidiu por aumento da tarifa e avalia qualidade dos serviços

“É absolutamente improcedente qualquer informação que afirme a concessão de reajuste e qual valor da tarifa de ônibus será praticada na cidade de Belém.”

A Prefeitura de Belém publicou nota, na noite desta quinta-feira (23), sobre o pedido de reajuste da tarifa de ônibus solicitado pelo Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros de Belém (Setranbel). Confira abaixo:

A Prefeitura de Belém, por meio da Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de Belém (SeMOB), informa à população que não há qualquer decisão sobre o valor das passagens de ônibus na cidade, MUITO MENOS de que será reajustada para R$ 5.

Estudos técnicos estão sendo realizados, conforme determina a legislação em vigor. Eles levarão em consideração a evolução da economia no período decorrente, desde o último reajuste (junho/2019) até hoje, e o respectivo impacto no setor. 

É obrigação da Prefeitura Municipal analisar o pedido feito pelo Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros de Belém (Setranbel). É isso que manda a lei.

Contudo, cabe informar que a decisão da Prefeitura Municipal de Belém levará em consideração a qualidade dos serviços prestados aos usuários.

Além da adequação e pertinência ou não da concessão do reajuste dada a realidade social e econômica vivida pela população que se utiliza do serviço, agravada pelo atual período de pandemia da covid-19.

Portanto, é absolutamente improcedente qualquer informação que afirme a concessão de reajuste e qual valor da tarifa de ônibus será praticada na cidade de Belém.

Deixe uma resposta