16 PARLAMENTARES DESACREDITAM E DESINFORMAM SOBRE VACINA CONTRA COVID-19. VEJA QUAIS SÃO

Delegado Éder Mauro (PSD-PA) – Foto: Pedro Ladeira /Folhapress

Congresso em Foco – Mesmo com mais de 60% da população brasileira vacinada contra a covid-19, um levantamento realizado pelo Congresso em Foco revelou que, desde o início de 2022, 16 parlamentares (15 da Câmara dos Deputados e um senador) permanecem adotando discursos contra a vacina em suas redes sociais (respectivamente Facebook, Twitter, Instagram e Youtube).

O Brasil se aproxima de completar um ano desde a aplicação da primeira dose da vacina contra a covid-19. Mesmo antes da primeira aprovação pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), os imunizantes foram alvos constantes de ataques no discurso de Jair Bolsonaro e seus aliados, que passaram os anos de 2020 e 2021 procurando desacreditar a eficácia e a segurança das substâncias.

Em 2022, a discussão permanece de pé. Apoiadores do governo seguem tentando criar desconfiança na aplicação das vacinas em crianças de cinco a 11 anos, recentemente autorizada pela Anvisa. Mais recentemente, Bolsonaro chegou a retomar a narrativa em favor da chamada imunidade de rebanho, defendendo que se permita a propagação da variante Ômicron.

A lista a seguir, compilada utilizando a plataforma ToraBit, apresenta os parlamentares identificados. Três tipos de discurso foram adotados como critério de inclusão. São eles: publicações voltadas ao descrédito à segurança e/ou eficácia das vacinas; publicações de oposição à aplicação de vacinas em crianças de cinco a onze anos e publicações em oposição à medidas voltadas ao aumento da cobertura vacinal no Brasil.

Confira a lista a seguir:

–Flávio Bolsonaro (PL-RJ)

–José Medeiros (Podemos-MT)

–Paulo Eduardo Martins (PSC-PR)

–Luiz Philippe de Orleans e Bragança (PSL-SP)

–Osmar Terra (MDB-RS)

–Eduardo Bolsonaro (PSL-SP)

–Diego Garcia (Podemos-PR)

–Nelson Barbudo (PSL-MT)

–Carla Zambelli (PSL-SP)

–Dr. Jaziel (PL-CE)

–Bia Kicis (PSL-DF)

–Coronel Tadeu (PSL-SP)

Delegado Éder Mauro (PSD-PA)

–Márcio Labre (PSL-RJ)

–Reinhold Stephanes Junior (PSD-PR)

–Chris Tonietto (PSL-RJ)

Deixe uma resposta