Urgente: Policia Federal faz mandado de busca contra empresários que defendem golpe caso Lula vença

Revista Forum– Empresários que defenderam golpe de Estado em caso de vitória do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) nas eleições de outubro são alvos de mandado de busca na manhã desta terça-feira (23), pela Polícia Federal (PF).

Entre eles estão Luciano Hang, da Havan, José Isaac Peres, da rede de shopping Multiplan, Ivan Wrobel, da Construtora W3, José Koury, do Barra World Shopping, André Tissot, do Grupo Serra, Meyer Nirgri, da Tecnisa, Marco Aurélio Raimundo, da Mormai, e Afrânio Barreira, do Grupo Coco Bambu. As conversas entre os empresários foram reveladas pelo site Metrópoles. 

Alexandre de Moraes

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF) foi quem autorizou as buscas. Os mandados estão sendo cumpridos nesta terça-feira (23) em cinco estados: São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Ceará.

Um grupo de advogados e entidades apresentou ao STF um pedido para que os empresários fossem investigados no inquérito que apura atuação de milícias digitais contra a democracia e as instituições, de acordo com informações da colunista Andréia Sadi.

Além das buscas, Alexandre de Moraes também determinou o bloqueio das contas bancárias dos empresários, bloqueio das contas dos empresários nas redes sociais, tomada de depoimentos, quebra de sigilo bancário.

 

Deixe uma resposta