“Março é das Manas”: programação em alusão ao mês das mulheres leva cultura e serviços à Praça da República

Em mais uma iniciativa alusiva ao mês dedicado às mulheres, a Prefeitura de Belém realiza nesta sexta-feira, 24, uma ação cidadã dentro da programação “Março é das Manas”, com a integração de diversos órgãos municipais. A ação é gratuita e levará ao espaço público serviços e atividades culturais e de empreendedorismo acessíveis a toda a população e prioritariamente às mulheres.

Desde o início deste mês de março a Prefeitura, por meio da Coordenadoria da Mulher de Belém (Combel), vem oferecendo à população da capital paraense um série de ações, focadas na figura feminina. Entre os destaques da programação está o lançamento da revisão do Plano Municipal de Políticas Públicas para as Mulheres, ocorrido no dia Internacional da Mulher, lembrado no dia 8 deste mês, no Centur.

Foram mais de nove anos sem a revisão necessária para a garantir a conquista de direitos e melhorias. Em setembro 2021, a Conferência Municipal de Mulheres, realizada pela Prefeitura de Belém, reuniu mais 260 mulheres de diversos movimentos e segmentos, que debateram os tópicos que precisam ser mudados e atualizados, de acordo com a nova legislação e novos contextos sociais.

O Plano traduz o compromisso do executivo municipal de enfrentar as desigualdades entre mulheres e homens do município, por meio de ações e políticas públicas para uma cidade com mais equidade, menos violência e respeito dos direitos para todas.

Programação na praça da República:

– Feira e Exposição: Artesanato Arte pela Vida e Servidoras;
– Feira de Artesanato Indígena;
– Tenda literária com lançamento e venda de livros de servidoras;
– Exposição de Arte;
– Vendas de comidas: servidoras, programa Donas  de Si, grupo Arte pela Vida” e empreendedores LGBTs, Feira das Manas ;
– Venda de Produtos do MST;
– Doação de plantas medicinais;
– Espaço Criança com Contação de histórias, teatro infantil; brincadeiras e pinturas;
– Espaço Cuidado / Saúde com aferição de Pressão Arterial, exame PCCU,  glicemia; orientação nutricional, ginástica laboral; testes rápidos de HIV, Sífilis, Hepatites B e C, vacinação e atendimento – HPV;
– Corte de cabelo;
– Massagem;
– Regularização Fundiária – Orientações sobre o programa Terra da Gente;
– Consulta a processos;
– Rodas de conversa e conscientização:
– Rodas de vivência de Mulheres;
– Roda de conversa Patriarcado e Masculinidades;
– Roda de conversa sobre direitos sexuais e reprodutivos;
– Incidência Politica – Violência contra a mulher, assédios sexual e moral;
– Economia Solidária;
– Oficina de trança, abayomi e percussão;
– Oficina de turbante e pintura corporal indígena;
– Oficina de compostagem, jardim de vaso e distribuição de mudas;
– Mini oficina e distribuição de água saborizada e boas práticas;

Atividades culturais:

– Apresentação das servidoras e estagiários artistas (cantores, compositores, músicos);
– Toré;
– Apresentação líteromusical;
– Sarau;
– Cantinho da leitura;
– Exposições.

Texto: Prefeitura Municipal de Belém, via Agência Belém

Deixe uma resposta