Prefeitura plantará novas árvores para compensar prejuízos do temporal

Semma concluiu retirada de árvores tombadas por temporal, e planeja plantar 44 novas árvores (Agência Belém)

A Prefeitura de Belém concluiu na noite desta quarta-feira, 26, o serviço de retirada de galhos e troncos provenientes do tombamento de 22 árvores, durante vendaval registrado no dia 19 deste mês, na capital paraense.

O último local a ter material vegetal recolhido foi a rua Padre Prudêncio nas proximidades da rua Manoel Barata, por volta das 22h. O horário foi escolhido para minimizar possíveis transtorno no tráfego de veículos naquela região. A conclusão do trabalho ocorreu dois dias antes do previsto.

As árvores tombaram em 15 pontos da cidade, a maior parte delas no bairro da Campina. Além dele, a Semma registrou queda de vegetais nos bairros Marco, Umarizal, Nazaré, Batista Campos e Mangueirão.

Novas árvores

No próximo dia 10 de agosto haverá o plantio de 44 novas árvores na cidade. Elas serão plantadas prioritariamente nas mesmas vias que sofreram os impactos do temporal.

O trabalho para retalhar e coletar os vegetais iniciou-se imediatamente após a tempestade e envolveu as secretarias municipais de Meio Ambiente (Semma) e de Saneamento (Sesan), além da Superintendência de Mobilidade Urbana (Semob), Defesa Civil e a concessionária Equatorial Energia.

Nenhuma das 22 árvores, que tombaram em decorrência das condições climáticas registradas na noite do último dia 19, era centenária. Ao contrário, entre as oito mangueiras que caíram algumas tinham cerca de 10 anos de idade e são consideradas árvores bebês. A análise da idade do vegetal é feita com base do diâmetro de seu caule.

Manutenção

A Prefeitura de Belém, por meio da Semma, realiza diariamente manutenção dos vegetais localizados nas áreas públicas da capital paraense, o que inclui seus distritos e ilhas. O serviço inclui além de podas preventivas, o levantamento de espécies e análise da saúde das árvores de Belém.

O serviço de poda deve ser solicitado diretamente na Secretaria Municipal de Meio Ambiente. Para registrar o pedido é necessário apresentar documento de identidade com foto, informar a localização do vegetal (rua principal e perímetro) e o motivo do requerimento. Não são aceitos pedidos feitos por e-mail ou por telefone. Em caso de emergência, o Centro Integrado de Operações (Ciop) deve ser acionado pelo número 190.

Texto: Aycha Nunes, via Agência Belém

Deixe uma resposta