Gigante do agronegócio promove ataque armado contra indígenas no Pará, denunciam lideranças

Integrantes do povo Tembé, do nordeste do Pará, foram vítimas de uma ação violenta protagonizada na terça-feira (29) por seguranças privados da empresa Brasil Bio Fuels (BBF), a maior produtora de óleo de palma na América Latina, que abastece usinas de biodiesel. A informação foi publicada no portal Brasil de Fato, nesta quarta-feira (30).

Segundo os habitantes da Terra Indígena (TI) Turé-Mariquita, pelo menos 10 homens fortemente armados avançaram sobre o território e atiraram contra um grupo de indígenas composto por homens, mulheres e crianças. Os disparos não acertaram ninguém, mas dois També ficaram feridos durante a ação.

Em um vídeo gravado no local das agressões e publicado nas redes sociais, Xandir de Miranda Tembé, que teve ferimentos leves, mostrou uma bala que teria sido disparada pelos seguranças e apontou ferimentos na boca de uma das vítimas.

“O pessoal da BBF veio aqui e machucou a gente. Bateram no primo e machucou muito ele. A gente [está] sem nenhuma arma, sem nada. É desse jeito que a gente briga. Eles atiraram contra a gente”, narrou a liderança Tembé.

“Exigimos a investigação imediata e responsabilização dos envolvidos no ataque”, publicou a Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib), maior organização indígena do país.

Leia na íntegra a matéria no Brasil de Fato, edição: Thalita Pires

Deixe uma resposta