Restaurante Popular da Prefeitura de Belém reabre com 100% da capacidade do salão

O Restaurante Popular Desembargador Paulo Frota, da Prefeitura de Belém, liberou o atendimento presencial com 100% da capacidade de atendimento do salão (360 lugares) nesta quarta-feira, 16 de fevereiro.

Devido às restrições sanitárias impostas pela pandemia da Covid-19, desde julho de 2021, o atendimento no espaço estava limitado à metade da lotação, e, antes disso, entre março e junho de 2021, o salão ficou fechado e as refeições foram entregues em marmitas.

O local segue adotando os cuidados sanitários com o uso obrigatório de máscara e a disponibilização de álcool para a higienização das mãos.

Segurança Alimentar

O Restaurante Popular é um serviço de segurança alimentar, que serve em média 1.200 refeições por dia, no horário do almoço, de segunda à sexta-feira, com custo subsidiado pela PMB. Com isso, os frequentadores pagam o valor simbólico de R$ 2 por refeição. O serviço é mantido por meio do Banco do Povo de Belém.

“Estou achando o atendimento excelente. O paladar melhorou muito. A gente tem vontade de repetir. O pessoal (funcionários da CZN Alimentação, nova prestadora do serviço) procura corresponder ao que a gente tá querendo e também comparam talheres novos”, contou Maria das Graças Damasceno, de 72 anos.

Ela mora no bairro da Terra Firme e quase todos os dias almoça no Restaurante Popular, que fica localizado na Rua Aristides Lobo, 290, no bairro da Campina.

“A comida está de parabéns, melhorou muito. Eu venho por causa do peixe frito, que é o ‘arrasta povo’. Substituíram o bebedouro, que estava velho. Espero que continue melhorando”, declarou o autônomo João Silva, de 63 anos. Nesta quarta-feira, 16, foi servido peixe frito com arroz, feijão, farinha, salada e melancia de sobremesa.

“A comida é gostosa e saudável, balanceada e sem gordura”, destacou o aposentado Mário Nelson Vieira, de 67 anos, que ficou satisfeito de poder almoçar no salão.

A qualidade nutricional das refeições servidas no Restaurante Popular é aferida por dois nutricionistas, sendo um contratado da empresa e outro, que é fiscal do Banco do Povo e acompanha o cumprimento do contrato. Ainda, o órgão municipal possui também um fiscal administrativo no local.

Novo Contrato

A nova empresa iniciou o atendimento no Restaurante Popular há três semanas, após vencer o pregão eletrônico realizado pelo Banco do Povo de Belém para produzir as refeições e fazer a manutenção do espaço.

A diretora técnica da contratada, Aldenize Brandão, ressalta que vem sendo servindo um cardápio variado, mas adaptado para atender algumas sugestões dos clientes.

“Hoje, botamos abóbora no feijão, como pediram pra gente. As pessoas estão felizes com o nosso trabalho e estamos gratos a Deus por atingir o propósito de cozinhar com amor e de atender bem as pessoas”, declarou Aldenize.

 

Deixe uma resposta